Home » PARTICIPE! >>> Atividades gratuitas e com certificado de participação » Bate-papo “Quadrinhos proibidos: censura, autocensura e o empoderamento dos leitores”

Bate-papo “Quadrinhos proibidos: censura, autocensura e o empoderamento dos leitores”

HORÁRIO: Das 15:30 às 17:00

As histórias em quadrinhos ainda sofrem com a censura de regimes autoritários. Nos Estados Unidos, na década de 1950, editoras implantaram um código de autocensura para evitar represálias oficiais. Algumas, até hoje, mantêm um manual de conduta para orientar o trabalho de seus contratados. Nos últimos anos, os fãs têm conseguido impedir a publicação de trabalhos supostamente ofensivos. Até que ponto o Estado, editores e fãs têm o direito de interferir no trabalho dos artistas? É o que será debatido neste bate-papo.

CONVIDADOS

Edilaine Correa é formada em Letras (Tradutora/Francês), especializada em literatura francesa, Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP com pesquisa sobre censura em charges do século XIX, trabalha há décadas entre leitores. Pesquisadora na área de comunicações investiga de que maneira os quadrinhos contribuem com a sociedade como bem cultural provocando o leitor para relaxar, abstrair, rir, refletir, aprender. Participa do grupo de editores da revista acadêmica Nona Arte (ECA USP) e do Observatório de Histórias em Quadrinhos da ECA-USP, espaço para discussões sobre HQs com vários enfoques: sociológico, histórico, artístico, jornalístico, literário entre outros.

Eduardo Marchiori é formado em Jornalismo e pós-graduado em Comunicação Empresarial. Atuou como repórter da revista Nutrinews e foi editor-assistente da revista Industria de Laticínios. Atualmente é colaborador das revistas Mundo dos Super-Heróis e Mundo Nerd, ambas da Editora Europa, publica um boletim empresarial para a empresa Fermentech Com. de Insumos para Alimentos e edita o blog Raio X, focado, focado em cultura pop. Também teve matérias publicadas nos sites Antigravidade, Papo de Quadrinho, Meu Herói, Cajumanga e 4All Magazine. Adotou o apelido Mutante X porque se considera uma pessoa em constante mutação.

Raphael Fernandes  é editor e roteirista de quadrinhos há 10 anos, além de ter Bacharelado em História pela Universidade de São Paulo (USP). Responsável pela reformulação da revista de humor MAD (Panini) e pelos quadrinhos da Editora Draco, Raphael Fernandes é também um dos principais editores da cena independente. Seu trabalho pode ser visto em projetos como Ida e Volta, Gibi Quântico, O Rei Amarelo em Quadrinhos, Apagão, Zikas e outras publicações.

 

 

MEDIADOR

Jota Silvestre é jornalista formado pela Universidade Metodista em 1989 e assessor de imprensa especializado em feiras e eventos. Coordenou a equipe de assessoria de imprensa de duas edições da Bienal Internacional do Livro de São Paulo (2006 e 2008). Edita o blog de cultura pop Papo de Quadrinho e colabora regularmente com as revistas Mundo dos Super-Heróis e Mundo Nerd (Ed. Europa). É roteirista do livro em quadrinhos O Fundador (Ed. Europa) Contato: jotasilvestre@gmail.com

 

 

 

ATIVIDADE GRATUITA NÃO REQUER INSCRIÇÃO – FORNECE CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO
[Quantidade de lugares disponíveis: 40 (sujeito a lotação da sala)]

O evento LIVROS EM PAUTA será realizado em 8 de outubro de 2016, das 13 às 20h na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação – FAPCOM, que fica à Rua Major Maragliano, 191 – Vila Mariana São Paulo, SP (Estação Ana Rosa do metrô)